O Peixe Urbano me levou pra assistir ao meu primeiro GP de Fórmula 1 em Interlagos.. e foi DEMAIS!

16 11 2015

Lembro que quando criança eu era OBRIGADO a acordar aos sábados e domingos de manhã, sem essa de ficar até tarde na cama, já que minha mãe e avós não curtiam muito a famosa VAGABUNDAGEM, como chamavam. Mas não reclamavam também que eu passasse as horas seguintes com a cara enfiada na frente da televisão. Como eu não tinha muito o que fazer nesse período, a não ser brincar de lego com meu irmão, nós dois ficavamos pela sala de casa mesmo, acompanhando tudo o que se passava na Globo, canal em que os adultos deixavam no modo automático pra ir fazer outra coisa…

f1

Foi mais ou menos nessa epoca que comecei a acompanhar esportes que não o famoso futebolzinho de quarta-feira, coisas como volei e basquete ainda eram coisas novas pra mim, mas o que mais chamava a atenção eram os roncos dos motores da Fórmula 1, eu nem entendia pq eles não tinham o mesmo barulho que o monza bordô de um dos tios, mas achava fantástico imaginar que eles podiam sair voando a qualquer momento quando o Galvão Bueno avisava que um dos pilotos tinha quebrado uma das asas… E devo confessar aqui que quase chorei quando vi o Rubinho dando passagem pro Schumacher no fatídico dia do HOJE NÃO, HOJE NÃO, Hoje sim…

Depois dessa fase eu desenvolvi uma vontade incontrolável de assistir de perto uma corrida de F1, coisa que pra um muleque nascido em Palhoça era praticamente impossível.. O tempo passou, me mudei da casa dos meus avós, depois mais duas vezes e agora, uns 15 anos depois, quase não acreditei quando os amigos do Peixe Urbano me ligaram oferecendo ingressos pro GP que ia rolar em São Paulo… VELHO, QUE NEGÓCIO INCRÍVEL, valeu demais meu irmãozinho!!!


Uma foto publicada por Igor Seco (@igorseco) em

Então foi a hora de chorar por não estar com meu boné da McLaren e ir aproveitar um fim de semana torcendo pra ver o alonso MASSACRAR os oponentes em Interlagos… Mas bem… A vida nem sempre é como a gente quer que seja… Essa temporada não tá lá muito fácil pro alonsinho… Então foi o jeito torcer pelos brasileiros, com Massa largando em oitavo e o Nasr em décimo primeiro…

No domingo resolvi chegar cedo, queria aproveitar cada momento. Peguei o trem e fui andando até o autódromo, quando me encontrei com um grupo enorme de pessoas no mesmo caminho e senti o cheiro de protetor solar, como uma prévia do que vinha por aí (sério, tem que levar e eu vacilei muito de não ter levado uahuhahuahua), chegando lá encontrei o pessoal do Peixe Urbano e ficamos um pouco do lado de fora esperando quem faltava chegar, a sede bateu e encostei num boteco que tava rolando um churrasco, quando percebi tinha ficado 3 horas ali comendo carne e tomando cerveja (como essas coisas boas fazem o tempo passar rápido, né?)


Uma foto publicada por Igor Seco (@igorseco) em

(devo deixar aqui minha indignação por quem coloca cebola na churrasqueira)

Na entrada tava só alegria, comprei uns bilhetes de cerveja, hotdogs e fui pro meu lugar que ficava no Setor V esperando a corrida começar, quando ouvi o barulho dos carros acelerando e passando na frente da arquibancada eu nem acreditei… primeiro… CADÊ O BARULHO? Comecei a questionar e me contaram lá que antes era impossível até conversar durante a corrida, isso ajudou a me acalmar, afinal, uma tarde com amigos bebendo em silêncio é uma tarde perdida, mas pra ajudar eu fiz um vídeo dublando o som dos motores…


como o ronco dos carros da F1 tão mt baixos eu fiquei dublando, mas ficou com um certo delay e tal

Um vídeo publicado por Igor Seco (@igorseco) em

Eu pretendia tirar umas 300 fotos, mas depois desse vídeo levantei pra ir no banheiro e assim que levantei meu celular saiu voando do meu bolso e caiu uns três lances de cadeiras pra baixo, ficou praticamente inutilizavel e eu decidi guardar tudo nesse nosso HD que chamamos de cérebro… Triste, porém feliz, pq na hora em que o Maldonado fez isso, eu tava concentrado na pista:

AuHAUhAUhAAhauhAuhAUhAH Poco maluco esse Maldonado… As pessoas até vibraram com essa…

A corrida acabou com o mais esperado, Rosberg em 1º, Hamilton em 2º e Vettel em 3º e eu finalmente tive um dos meus sonhos de infância realizados ao ver uma corrida de F1 ao vivo, certeza que ano que vem to lá de novo! Mas na boa… vou ver se consigo pegar uma bicicleta pra correr no lugar do Massa… quem sabe faço melhor…

Pedro Piquet capota 9 vezes no GT3 CUP em Goiânia e escapa (quase) ileso

21 09 2015

O Pedro Piquet é uma daquelas apostas do automobilismo brasileiro, como acontece com o Bruno Senna. Atualmente compete no GT3 Cup correndo com seu Porsche 911.

Na prova desse dia 20/09 ele seguia a corrida normalmente, quando recebeu uma tentativa de ultrapassagem do Ricardo Baptista, que errou na entrada da curva e acabou forçando demais as coisas e em alta velocidade, empurrou o Pedro Piquet pra fora da pista, que chegou de lado no gramado e não teve muita sorte em controlar o carro depois disso…

Esse é um dos acidentes mais absurdos que já aconteceram no automobilismo brasileiro, sério, o 911 do Pedrinho girou 9 vezes, NOVE. E mesmo assim, nesse dia 21 ele já recebeu alta do hospital, o sortudo só ficou com alguns ferimentos de leve, alguns hematomas, mas nada que vá acabar com o sonho dele de terminar a GT3 Cup esse ano.

porsche-911

Depois de tudo isso o fera ainda teve a calma de chamar o acidente de “pequeno susto”, esse aí tem o espirito.


Tudo certo pessoal, pequeno susto estou otimo aqui. Obrigado por todo o apoio. @piquetsports

Uma foto publicada por Pedro Piquet, Brasilia (@pedropiquet1) em

Uma modalidade um pouco mais extrema de competição chamada “World Figure-8”

17 09 2015

A World Figure-8 é uma modalidade que até hoje eu nunca tinha ouvido falar, ela supera tudo o que eu já vi de maluquice em uma corrida, principalmente pq além de ter um bom carro, um bom motor e uma boa equipe, você precisa ter BOLAS.

Se assim como eu vc não conhecia, esse vídeo é uma otima introdução:

VELHO DO CÉU, depois de 1 minuto de corrida você já não entende mais nada, só fica suando frio olhando pra esse cruzamento esperando pelo pior. Ou você acelera e toca o carro no meio dos outros ou perde posições, e como isso é uma competição, perder posições não é a melhor das escolhas.

QUE BAGULHO INSANO.

Os pilotos precisam de aulas de voo pra competir em circuitos de Sidecar Cross

03 09 2015

Sidecar Cross já é um assunto conhecido desse bloguinho que vos fala. uns tempos atrás tentei mostrar por aqui a doidera que é competir nessa modalidade, os caras não medem esforços na tentativa de sair com ossos quebrados da pista, algo que até agora, não vi acontecer.

Mas se ainda resta alguma duvida pra vc leitor desse site, de que o sidecar devia ser melhor explorado, dá uma olhada nesses saltos que os fdps dão nesse trecho filmado por um espectador:

Na moral, se fosse umas décadas atrás e alguém tivesse a ideia de colocar asas nesse brinquedo, essa pessoa ia desbancar sem problemas o Santos Dumont e aquele 14-bis. Os caras decolam de verdade, e o pior que um ainda vai em pé, só se segurando num ferro, se a suspensão resolver mandar ele pro alto só vai poder rezar pra não ficar na frente dos que vem atrás… Não deve ser muito agradável.

Só queria saber mesmo se saltando assim esses caras estão ganhando horas de voo… Vai que quando estiver mais velho não seja util pra tentar uma carreira diferente, tirar o emprego de algum piloto da tam…

A vitória à qualquer custo no trailer de Hitting the Apex – Um filme sobre o MotoGP

A vitória à qualquer custo no trailer de Hitting the Apex – Um filme sobre o MotoGP

No dia 21 o site do Moto GP anunciou um novo filme sobre a maior competição das motos de alta cilindrada. O Trailer de Hitting the Apex traz a narração de Brad Pitt e mostra como protagonistas alguns dos melhores pilotos que passaram pela categoria nos ultimos anos. É claro que nomes como Marc Márquez, […]

Continue Lendo…
Desabilitado © 2017 - Na 4x4 a gente voa
Feito no Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro